Saturday, June 27, 2015

A Nossa Terra

Até ao final do ano de 2014, 5600 reformados franceses tinham comprado residência em Portugal e as estimativas apontam para que durante 2015 o número ultrapasse os 20 mil. Até há menos de um ano ninguém diria a Daniel Bremaud que em breve trocaria a sua casa numa pequena vila na Côte D’Azur por outra vila de paisagens igualmente amenas e igualmente “linda, também ao lado da água”. Mas hoje Daniel, um ex-polícia de 68 anos que trabalhou no Mónaco, chama casa ao Seixal.

Estamos sentados numa esplanada, com uma garrafa de água mineral a borbulhar, em frente à rua que desce a pique em direção ao rio, tal como a cabeça do francês borbulha de pensamentos acolhedores, ao descrever a vida no Seixal e as vantagens de morar na Margem Sul. “A panorâmica que dali se avista é magnífica, e depois sempre que quero vir a Lisboa desço ao cais e faço uma bela viagem de barco que em menos de vinte minutos me põe no centro de Lisboa. Isto não tem preço”, sublinha, acrescentando que os lisboetas não conhecem o Seixal. “Nem sabem o tesouro que têm mesmo em frente à capital, onde se podem descobrir casas muito mais baratas para comprar.” 

Pascal Gonçalves, fundador da agência imobiliária Maison au Portugal, confirma a tendência. “Os franceses que agora chegam não têm nenhum preconceito em relação à Margem Sul. Para eles é apenas mais um sítio tranquilo para viver.” Ele sabe do que fala. Em poucos meses, já vendeu mais de 14 de apartamentos à beira do Tejo, com vistas rasgadas para Lisboa, a franceses reformados.

Um Francês que é mais Português que muitos Portugueses.

Friday, June 26, 2015

Oscar Wilde

To live is the rarest thing in the world. Most people exist, that is all.


Nowadays people know the price of everything and the value of nothing.

Monday, June 22, 2015

Aritmética

Portugal é um país envelhecido. Portugal é um país em que 35% dos seus jovens com menos de 25 anos não conseguem arranjar trabalho. Agora, se há menos jovens, porque é que estes têm cada vez mais dificuldade em arranjar emprego? Porque há uma coisa que tem diminuído ainda mais que os jovens: os empregos disponíveis para estes. Talvez, para o que este pedaço de terra consegue suportar, até ainda existam jovens, e população, a mais.

Tuesday, June 16, 2015

Camouflage

I’ll be the first to say that looks shouldn’t matter, that we shouldn’t judge people based on superficial criteria. But it’s also true that there are costs to ignoring, or defying, the social realities of the world we live in, and I suspected that Greta was paying those costs.

Monday, June 15, 2015

O Glorioso

O Benfica exerceu um domínio absoluto em 2014/2015, sendo campeão nacional no futebol e nas principais modalidades de pavilhão: basquetebol, futsal, hóquei em patins e voleibol; falhou apenas o pleno por culpa do andebol. Contando com o atletismo, onde também reinou, ganhou 15 das 21 principais provas oficiais do desporto português.

Sunday, June 14, 2015

Branca de Neve

"... tão branca como a neve, tão vermelha como o sangue, tão negra como o ébano ..."

Eva Green

Friday, June 12, 2015

You Think Political Correctness is a Game?

Sir Tim Hunt, who was awarded the Nobel prize in physiology or medicine in 2001 and who was knighted in 2006, has resigned from his position as honorary professor at the University College London after his recent comments in a science conference in South Korea: "Let me tell you about my trouble with girls. Three things happen when they are in the lab: you fall in love with them, they fall in love with you, and when you criticise them they cry."

Speaking to BBC Radio, Sir Tim said: "I'm really, really sorry I caused any offence, that's awful. I certainly didn't mean that. I just meant to be honest, actually. It was a very stupid thing to do in the presence of all those journalists". Dear Sir Tim Hunt, You Think Political Correctness is a Motherfucking Game?

Monday, June 8, 2015

Particularidades

15 horas. 15 horas é sempre tarde ou cedo para aquilo que queremos fazer. Um momento do dia, bem particular.

Jean-Paul Sartre

Saturday, June 6, 2015

American Apartheid

Since her book "On the Run: Fugitive Life in an American City" was published last year, Alice Goffman has achieved a measure of fame that is rarely visited on a young sociologist. "On the Run" won attention because of its timely subject matter, the lives of low-income black men and their interactions with the police based on six years of immersive fieldwork. But all that enthusiasm has curdled somewhat, as critics, in published reviews and anonymous online critiques, have debated not just her facts, interpretations and methods, but the fraught politics of privileged white outsiders’ studying minority communities: another story about a white lady come to study young black men, who thought this was a good idea?


Hey white American lady, the USA is your country, color is your citizenship.

E Nós Sabemos

Quarta-feira, 18 de Novembro de 2009, Estádio de França, Paris. Decorria o 103º minuto, quando Thierry Henry ajeitou a bola com a mão e assistiu para o golo de Gallas que deu o apuramento da França para o Mundial de 2010 na África do Sul.

Delaney, presidente da Associação Irlandesa de Futebol, muito criticou Joseph Blatter por toda a polémica, mas os dois acabaram por chegaram a concordância rapidamente: "Fui ter com ele [Blatter] e disse-lhe o que sentia e houve uma troca de insultos, mas chegámos a um acordo." Cinco milhões de euros e a Irlanda fechou a boca.

Nós sabemos, sempre o soubémos; mas comemos e iremos continuar a comer. Gostamos de ser enganados, é a nossa natureza.

Thursday, June 4, 2015

O Que Poderia Ter Sido

Jorge Jesus esteve 6 anos no Benfica (2009 - 2015), ganhou 3 campeonatos portugueses, conquistou 1 taça de Portugal, foi bicampeão e perdeu duas finais europeias. Mas a análise do seu trabalho só fica completa quando analisamos todos os jovens jogadores que entraram no plantel durante o seu comando e posteriormente foram vendidos a grandes clubes europeus; pergunto-me então o que o Benfica poderia ter atingido se tivesse tido o músculo financeiro para os manter no plantel nestes últimos seis anos.


Oblak, Luisão, Maxi, David Luiz, Fábio CoentrãoGaray, Siqueira, Ramires, Di María, Salvio, Gaitán, Matić, Witsel, Enzo Pérez, Cardozo, Jonas

Fica no reino dos sonhos. Continuamos portanto, rumo ao 35, ao tri e ao Santo Graal europeu.

Wednesday, June 3, 2015

Expansão de Odivelas

Odivelas é um município com 26.54 km² de área e 144.549 habitantes (2011), subdividido em 4 freguesias; é limitado a nordeste pelo município de Loures, a sueste por Lisboa e a oeste por Amadora e Sintra. O concelho foi criado em 1998 em consequência da secessão da então zona sudoeste do concelho de Loures.

De modo a uma melhor gestão do território da Metrópole de Lisboa, da qual os municípios de Odivelas e Lisboa fazem parte, proponho que Odivelas anexe as 3 freguesias de Lisboa que fazem fronteira com o seu território:

  • Santa Clara, com 3.36 km² de área e 22.480 habitantes;
  • Lumiar, com 6.57 km² de área e 45.605 habitantes;
  • Carnide, com 3.69 km² de área e 19.218 habitantes


Com base nos dados dos censos 2011, Odivelas ficaria então com 231.852 habitantes e 40.16 km². A fronteira com Lisboa seria a linha demarcada pelas fronteiras naturais formadas pela segunda circular, via rápida rodoviária, e pelo aeroporto. Isto permitiria gerir eficazmente todo o tecido urbano coerente do ponto de vista de construção e tecido sócio-ecónomico da zona norte da metrópole, que inclusive partilha infraestruturas de transportes públicos como a linha amarela do metropolitano e carreiras da Rodoviária de Lisboa e Carris. O Lumiar está mais perto da Ramada do que do Chiado.