Monday, July 28, 2014

Wednesday, July 23, 2014

The Neutral Paradox


Malaysian protesters gathered outside the Russian embassy in Kuala Lumpur to demand answers from Vladimir Putin about the shooting down of Malaysia Airlines flight MH17.

Thursday, July 17, 2014

Evolution

Engaged for billions of years in a relentless arms race with one another, our genes have finally outsmarted themselves. What awaits is not oblivion but rather a postbiological world; a world in which the human race has been usurped by its own artificial progeny. Our machines will mature into entities as complex as ourselves and eventually into something transcending everything we know, in whom we can take pride when they refer to themselves as our descendants. Unleashed from the plodding pace of biological evolution, the children of our minds will be free to grow to confront immense and fundamental challenges in the larger universe. 

Michael MacRae

I, Kenneth Hayworth, refuse to accept that the human race will stop technological and scientific progress. We are destined to eventually replace our biological bodies and minds with optimally designed synthetic ones. And the result will be a far healthier, smarter and happier race of posthumans poised to explore and colonize the universe.

As 3's Amadoras


A Amadora com os seus 24 km2 e 175 mil habitantes é simultaneamente dos municípios mais pequenos de Portugal e dos mais densamente povoados, existindo assim a tendência de a reduzir a uma entidade uniformizada e unidimensional no contexto da Grande Lisboa. A realidade porém é que se a pode dividir em três áreas distintas do ponto de vista urbanístico, sociocultural e económico.

A 1ª área corresponde ao território compreendido entre Oeiras e o IC-19, normalmente identificado como Alfragide. Apresenta um tipo de habitação próximo do município de Oerias assim como um grande número de zonas comerciais (Continente, IKEA, Decathlon) e algumas organizações estatais (EMFA, APA). A 2ª área é constituída por urbanizações construídas à volta da ferrovia Linha de Sintra e apresenta um carácter essencialmente residencial com os seus serviços associados (escolas, centros de saúdes, comércio local, etc). Fazem parte das típicas localidades observadas quando se percorre a ferrovia entre Lisboa e Sintra. A 3ª área é já uma transição entre o meio urbano e o meio rural, característico também dos municípios de Odivelas e Sintra, e apesar de ter urbanizações residencias estas já não utilizam normalmente a Linha de Sintra para as suas deslocações. 

The 5th Abstraction

Physic. Chemistry. Biology. Psychology. You.


Saturday, July 12, 2014

A Segunda Linha de Cintura

A Linha de Cintura construída no final do século XIX é uma ferrovia semicircular (Campolide - Sete Rios - Entrecampos - Chelas - Braço de Prata) de Lisboa que com os seus cerca de 12 km permite ligar entre si as linhas ferroviárias de passageiros do Norte, Sul e Sintra.

Esteve também planeada uma Segunda Linha de Cintura que permitiria ligar diretamente a linha de Sintra à linha do Norte sem passar pelo município Lisboa. Seria também em forma semicircular e estenderia-se entre a Amadora e Sacavém, Loures, passando pela Pontinha, Odivelas, e Lumiar, Lisboa. O Plano Director de 1976 do município de Lisboa retrata essa possibilidade na sua parte superior:


Na próxima imagem, encontra-se o traçado proposto para a hipotética Segunda Linha de Cintura num mapa da região de Lisboa em 2011:


Saturday, July 5, 2014

Sindicato Novo

Vícios antigos. O novo sindicato que representa os trabalhadores dos call center já está legalizado. “Estamos neste momento a desenvolver uma petição para que esta seja considerada uma função de desgaste rápido. Queremos que o assunto seja discutido para que haja uma menor carga fiscal e acesso à reforma mais cedo”, diz Pedro Fortunato, um dos membros do SCTT.


Friday, July 4, 2014

Detail

All you ever were was a little bit of the universe thinking to itself.

Iain Banks @ Surface Detail

Horizon

This land outside Maputo provides a snapshot of Africa’s agricultural choices: Will its food be produced on giant, leveled plantations or on small farms?