Monday, September 30, 2013

Aplausos em Pyongyang

2003, "Tenho dúvidas de que a Coreia do Norte não seja uma democracia." 2013, presidente de Loures (a 6ª maior localidade de Portugal).




Thursday, September 19, 2013

Elementar

Algo que deveria estar em todas as escolas, hospitais, cafés, estádios, ruas, casas e até carteiras portuguesas: Como se mais défice não significasse ainda mais dívida.


Trabalhador Independente - Recibos Verdes

      Começar uma carreira como trabalhador independente (ou "a recibos verdes") em Portugal não é fácil tendo em conta a burocracia e falta de informação. Este artigo, escrito em Setembro de 2013, pretende ajudar a quem se quer iniciar tendo em conta os 3 principais impostos: Segurança Social, IRS e IVA.

      Para começar, a percentagem sujeita a imposto corresponde a 75% do rendimento do trabalhador independente. Por exemplo, um trabalhador independente com um rendimento mensal bruto de 1700 euros (rendimento anual de 20.400 euros) tem um montante coletável de 15.300 euros.

Segurança Social

      Os serviços da administração fiscal comunicam à segurança social o início de atividade dos trabalhadores independentes, que inscreve o trabalhador, caso o mesmo ainda não se encontre inscrito, e faz o respetivo enquadramento no regime dos trabalhadores independentes, informando-o da inscrição/ e ou enquadramento, não sendo necessário preencher qualquer formulário.

      O enquadramento só produz efeito quando o rendimento relevante anual do trabalhador ultrapassar 6 vezes o Indexante dos Apoios Sociais (IAS) de cada ano e após o decurso de pelo menos 12 meses (à exceção de enquadramento antecipado), sendo: 1 – Enquadramento no 1º dia do 12º mês a seguir ao do início de atividade, quando este ocorra nos meses de outubro, novembro e dezembro. 2 – Enquadramento no 1o dia do mês de novembro do ano seguinte ao do início de atividade, quando este ocorra nos restantes meses (de janeiro a setembro). Nota: No caso de cessação de atividade no decurso dos primeiros 12 meses, a contagem do prazo é suspensa, continuando a partir do 1º dia do mês do reinício de atividade, caso este, ocorra nos 12 meses seguintes à cessação.

IRS

      No regime simplificado, a retenção na fonte é de 25%. Tendo em conta o exemplo inicial, o pagamento de IRS seria 3825 euros (15300 * 0.25).

IVA


     O IVA encontra-se nos 23%. Esta taxa é supostamente paga pela entidade empregadora e quem passa o recibo simplesmente fica com a quantia até a entregar ao Estado (de 3 em 3 meses). Se receber menos de 10000 euros por ano encontra-se isento. Tendo em conta o exemplo inicial, o pagamento de IVA seria 3519 euros (15300 * 0.23).

Cálculos Finais

     Vamos presumir que quer receber 1000 euros de salário líquido por mês (o que "bate na conta"). Assim de taxa de retenção de IRS pagaria 334 euros (1000 * 0.25), pelo que teria de receber 1334 euros. Tendo em conta que não está isento de IVA, teria que cobrar os 23% que mais tarde entregaria ao Estado, pelo que teria de cobrar mais 307 euros (1334 * 0.23). O valor a cobrar mensalmente teria que ser portanto 1641 euros. Isto tendo em conta que estaria isento de Segurança Social durante 12 meses. No ato de preencher uma fatura-recibo online, o portal das finanças preenche automaticamente os valores.


Fontes:
Guia Prático SS
- Saldo Positivo CGD
- Forum Finanças

Tuesday, September 17, 2013

The Green Deception

Compared to US competitors, European industry pays today twice as much for electricity, and four times as much for gas. 


It’s been four years (2011) since an earthquake and tsunami knocked out the nuclear reactor at Fukushima; the tragedy eventually determined the shut down of all of the nation’s nuclear power plants. Tomorrow, Japan will switch on a reactor at the Sendai nuclear power plant, after the energy prices have risen almost 30% in the last four years.

Friday, September 13, 2013

Leadership

In the same week of the same year, Germany decided that everyone must go to swimming lessons while the UK decided to allow individuals to wear specific items of personal clothing to reflect their cultural values. Germany is positioning as the cultural leader as well as the economic one. And Europe needs it.


Ajustes à Realidade

A organização não governamental Oxfam decidiu destacar Portugal como um dos casos onde as políticas seguidas recentemente estão a beneficiar apenas os mais ricos dando como exemplo o crescimento do mercado de bens de luxo. Não mentiu, é certo, apenas ajustou a realidade à sua mensagem, uma vez que o mercado de bens luxo em Portugal cresceu não devido à procura interna mas aos angolanos, brasileiros e chineses.


Sunday, September 8, 2013