Sunday, February 26, 2012

Os prazeres da terra

O Governo quer identificar todas as terras em Portugal às quais ninguém se apresenta como dono, reclamá-las para o Estado e distribuí-las para quem as queira cultivar. O que os jovens do interior, com muitas terras agrícolas de origem familiar à sua disposição e que imigraram rumo às fábricas da Suiça ou França, deixando assim para trás a carreira de agricultor, devem pensar deste banco de terras público...


Wednesday, February 22, 2012

Torre de Marfim

A Assembleia da República manifestou-se mais uma vez contra a introdução da água da torneira nas reuniões parlamentares, argumentando que o seu custo mensal é dez vezes superior ao da água engarrafada e que é preciso gastar ainda quase cinco mil euros na compra de jarros.

Saturday, February 18, 2012

Carrossel

A Ordem dos Médicos acusou o Ministério da Saúde de "importar" médicos cubanos a "ordenados elevados." É assim o carrossel da globalização, os ingleses contratam os portugueses, os portugueses "importam" os cubanos.



Thursday, February 9, 2012

Aqui e Ali


Quando a ligação de paternidade se parte, o que resta a um ser humano?

Pirâmides

Vejam, eles ganham tanto dinheiro connosco que constroem pirâmides para mostrarem o quão perdedores nós somoso Centro de Arte e Tecnologia da EDP será um novo espaço cultural ao nível das grandes cidades europeias com uma programação contemporânea e internacional.




Tuesday, February 7, 2012

Vou ser militante do PSD... ou não.

Começo por introduzir-me como um jovem português que recentemente devido a impulso na alma (ou simplesmente devido ao anseio de servir Portugal) decidiu que estava na altura de entrar na política.

Aparece então a primeira questão óbvia: que partido escolher? Após profunda reflexão, e a verdade é que sou um somatório de vários partidos, considerei o PSD como o mais representativo das minhas ambições. Muito bem, pensei eu, vou-me tornar militante do PSD.

Começa aqui a minha história... Pelo site do PSD informam que posso me inscrever pela sede ou pela secção local (no meu caso a Amadora). Bom, pela sede não posso, porque é necessário um "proponente" e eu não conheço ninguém nas máquinas partidárias. Desloquei-me à sede do PSD Amadora então e para minha surpresa a sede está completamente abandonada e sem informação de horários de funcionamento. Enviei emails para o PSD Amadora e para os vereadores da Amadora do PSD a perguntar quando a sede abria: todos sem resposta. Telefonei vária vezes e o mesmo resultado: ninguém atendia.

Resumindo, a minha vontade de entrar num partido e defender as minhas ideias esbarrou no (como o Tropa de Elite classificou) Sistema. Fiquei desiludido e, mais que tudo, revoltado. Como podemos apelar à democracia e dizer que o povo está representado quando as máquina partidárias se fecham e defendem a perpetuação das elites dentro das suas máquinas (habilmente chamando "proponente")? É uma fachada.

Democracia tendo como base partidos, não é democracia, é "partidocracia". A única eleição verdadeiramente democrática em Portugal é a do presidente da República, onde qualquer cidadão se pode candidatar sem necessitar de partido.